Como manter a igreja viva no Iraque?

Veja como as ações da campanha Esperança para o Oriente Médio cooperam para a restauração de vidas e esperança no Iraque

Na Revista Portas Abertas de outubro você vai entender mais sobre a campanha Esperança para o Oriente Médio. A fase inicial da campanha teve ênfase em ações institucionais, como a petição “Um Milhão de Vozes de Esperança”, entregue pelo menino iraquiano Noeh à ONU. Outra ação semelhante foi o encontro do líder cristão do Iraque, Daniel, com a então primeira-ministra britânica, Theresa May. Ambas as ações ocorreram em dezembro de 2017.

Você também vai conhecer sobre a criação dos Centros de Esperança no Iraque, que marca a segunda fase da campanha, e está se desenvolvendo agora. O objetivo é transformar cada igreja local em um Centro de Esperança, objetivo que já foi atingido em 65% das igrejas iraquianas.

Entre os testemunhos apresentados está o de Dalia, deslocada devido à invasão do Estado Islâmico, que atingiu a Planície de Nínive, em 2014. Ela retornou ao seu vilarejo, onde iniciou um ministério de mulheres. Esse ministério foi o nascimento do Centro de Esperança em sua igreja, em Bashiqa. 

Outro é o do jovem Yousif, de 20 anos. Junto com a família, ele teve que fugir em 2014 e viveu dois anos em um acampamento de refugiados. Sua casa foi reconstruída e ele voltou com a família. Yousif expressa as perdas que enfrentou, mas sabe que ninguém pode destruir a igreja do Senhor.

Reconstrução no Iraque
O projeto do mês fala sobre o cristão iraquiano, Mathi, que também foi deslocado quando o Estado Islâmico tomou o controle da região. Ele voltou para visitar a cidade um dia após ser liberada, mas o que encontrou foi um cenário de guerra, com casas destruídas, muito lixo na rua, tornando o lugar inabitável. Ele chorou muito, mas finalmente decidiu voltar para reconstruir sua terra natal.

A Portas Abertas esteve com a família de Mathi pouco antes de se mudarem para a nova casa, reconstruída com a ajuda dos parceiros da Portas Abertas. Ele conta de sua alegria e de como quer deixar a casa exatamente igual ao que era antes a pedido dos filhos. Assim como a casa de Mathi, quase duas mil casas foram reformadas na região. Ao contribuir, você possibilita a reconstrução de outras casas e igrejas no Iraque.