Atualização: mais quarenta cristãos são presos na Eritreia