Zita agradece pelo encorajamento em forma de cartões

Apesar disso, a jovem pede para que continuemos orando por ela e sua família muçulmana

| 16/08/2018 - 00:00

Zita com as cartas recebidas da campanha de cartões global da Portas Abertas

Zita com as cartas recebidas da campanha de cartões global da Portas Abertas


No final do ano passado, conhecemos a história de Zita, uma jovem de Camarões que mesmo após a perda da mãe decidiu entregar a vida para Cristo. Após conhecer a realidade dela, a Portas Abertas realizou uma campanha de cartões global – já encerrada – para que nossos parceiros pudessem encorajá-la. Centenas de cartas de todo o mundo foram entregues a ela no último mês. Zita, agora com 17 anos, agradece: “Muito obrigada. Eu sei que tudo o que vocês fazem é com amor. Desde que nasci até vir a Cristo, nunca tinha experimentado tamanho amor. Eu louvo a Deus por isso e por vocês”.

Mesmo após a entrega das correspondências, Zita precisa muito de nossas orações. Ela continua vivendo com sua nova família cristã, mas visita a família muçulmana. Nesses encontros, ela recebe abusos verbais e ameaças. Alguns familiares já a alertaram para não aceitar comidas servidas somente a ela e para andar pela casa com cuidado. Uma tia disse ainda que ela tem a opção de voltar a viver com eles, mas que se continuar sendo teimosa e seguindo a Cristo, eles a darão no máximo três meses antes de eliminá-la.

Apesar das ameaças, Zita continua desejando profundamente se conectar com a família de sua mãe. Há alguns meses, ela foi para o extremo norte na esperança de encontrar alguns parentes, mas quando isso não aconteceu, voltou para casa deprimida. Um funcionário da Portas Abertas acompanhou ela ao hospital, onde o médico explicou que sua condição é causada pelas circunstâncias traumáticas que passou.

Pedidos de oração

  • Ore pela saúde de Zita, que ela não fique doente de novo e não perca as aulas.
  • Interceda para que ela continue forte em sua fé e alcance os familiares muçulmanos.
  • Peça a Deus que a ajude. Ela pensa muito na mãe e quando faz isso, diversos questionamentos surgem em sua mente.

Leia mais
Mesmo com perdas recorrentes, menina fica firme na fé

Leia também
Qualquer coisa, menos esquecida
“Eu cheguei à conclusão de que Jesus é o caminho”


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE