Pastor sino-coreano é morto por agentes da Coreia do Norte

O líder cristão dava assistência a pessoas que fugiam da Coreia do Norte

| 04/05/2016 - 00:00

O pastor assassinado dava assistência para norte-coreanos que fugiam do regime

O pastor assassinado dava assistência para norte-coreanos que fugiam do regime


Agentes secretos norte-coreanos capturaram e mataram um pastor sino-coreano (quem nasce ou vive na fronteira da China com a Coreia) que vivia em Chiangbai, uma cidade no lado chinês da fronteira. Han era ativo em ajudar refugiados norte-coreanos, dando-lhes alimentos, medicamentos, roupas e outras necessidades básicas, quando fugiam da Coreia do Norte.

No último sábado (30), o pastor Han deixou sua casa logo após o meio-dia e deveria retornar antes das 17 horas. Como não voltou, uma grande busca foi organizada por parentes e membros da igreja que ele pastoreava. Por volta das 20 horas, seu corpo sem vida foi encontrado mutilado e com vários ferimentos. Pessoas que trabalharam com Han o descrevem como "extremamente apaixonado pelos norte-coreanos". Seu ministério foi marcado com um alto preço.

Em novembro de 2014, um diácono de sua igreja foi sequestrado e, desde então, nunca mais se ouviu falar dele. O pastor Han sabia que ele também era um alvo, mas continuou seu ministério.

 Han tinha 49 anos, e deixou sua esposa e dois filhos, bem como três igrejas locais, com cerca de 600 membros, que ele ajudou a fundar e pastoreava.

Pedidos de oração

 

  • Agradeça a Deus pela vida e dedicação do pastor Han.
  • Ore por conforto para os familiares e membros da igreja de Han, que agora estão sem um marido, pai e pastor. Também ore para que eles sejam capazes de perdoar os homens que o mataram.
  • Ore pelos outros cristãos envolvidos no trabalho missionário da Coreia do Norte, que o Senhor os encoraje e os proteja.
  • Ore por perdão para os espiões que mataram o pastor Han. Ore para que eles se arrependam e conheçam o único Deus, para quem o pastor Han entregou a sua vida.
  • Ore pelo diácono que ainda está desaparecido e pelos muitos outros cristãos mantidos em cativeiro na Coreia do Norte.

A Portas Abertas investe em projetos que fortalecem a fé dos cristãos norte-coreanos, encorajando-os a brilhar a luz de Cristo e a espalhar a mensagem do evangelho no país mais fechado do mundo. O apoio acontece de diferentes formas como: Distribuição de literatura cristã, treinamentos de líderes locais, transmissão de programas de rádio e ajuda emergencial (alimentos, medicamentos e roupas).Se você quer participar deste ministério, orando e doando aos projetos da Portas Abertas, acesse o site e saiba mais.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE