Pastor chinês é sentenciado a um ano de prisão

| 26/03/2015 - 00:00


26_China_0380009232

Um pastor que defendeu a igreja local quando as autoridades chinesas removeram a cruz do edifício foi condenado a um ano de prisão na última terça-feira (24), à noite, por um tribunal na província de Zhejiang.

O pastor, Huang Yizi, foi sentenciado pelo Tribunal Popular em Pingyang depois de ter sido condenado por ""reunir multidões para perturbar a ordem social"", disse o advogado dele, Zhang Kai. Zhang disse que apelaria o veredito ao tribunal.

O julgamento atraiu mais de 400 pessoas, a maioria cristãos locais, que se reuniram em frente ao tribunal Pingyang para esperar pela decisão legal.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE