Partido nacionalista hindu perde eleição em três estados

O BJP diminui número de assentos em região central da Índia, após vitória nas três últimas votações

| 13/12/2018 - 00:00

O BJP perdeu nas eleições de estados da região central da Índia, como em Chhattisgarh

O BJP perdeu nas eleições de estados da região central da Índia, como em Chhattisgarh


Cristãos podem suspirar aliviados, já que o vigente Partido do Povo Indiano (BJP, da sigla em inglês) foi tirado do poder em três estado na região central da Índia, que relataram dezenas de incidentes violentos contra cristãos e perseguição. O BJP, que se aproveitou de poder ilimitado em dois estados – Chhattisgarh e Madhya Pradesh – por 15 anos, vencendo três eleições consecutivas em ambos, foi destituído quando os resultados finais das eleições ocorridas em novembro e começo de dezembro foram anunciados. “Nós esperamos que as coisas agora melhorarão para termos tempos melhores”, declarou Leo Cornelius, líder de uma igreja em Madhya Pradesh.

Em Chhattisgarh, o BJP foi derrotado, garantindo apenas 15 dos 90 assentos na legislatura estadual – comparado aos 50 da última eleição – enquanto o partido de oposição, Congresso (INC, da sigla em inglês), levou vantagem, com 68 assentos. Na vizinha Madhya Pradesh, o chefe do governo por três vezes do BJP, Shivrai Singh Chauhan, renunciou em 2 de dezembro após a comissão das eleições declarar os resultados, com o INC levando 114 dos 230 assentos, enquanto o BJP conseguiu apenas 108 (comparados aos 165 conquistados em 2013). Da mesma forma, a contagem do BJP no Rajastão caiu para 73 de 200 assentos – diferente dos 163 conquistados em 2013 – enquanto o INC venceu 99.

“Nós esperamos que a nova administração garanta que o estado de direito será mantido sem medo ou privilégios”, o líder cristão respondeu quando questionado sobre a reação da polícia no estado de Madhya Pradesh, que prendeu até seminaristas que cantavam músicas no último natal a pedido de nacionalistas hindus, que também agrediram os cantores. Cornelius também disse não “ficar nada surpreso” quando não encontrou seu nome na lista de eleitores ao ir votar em 28 de novembro, na mesma cabine de votação onde vota desde 2007. “Não apenas o meu, mas os nomes de diversos líderes e cristãos estavam ausentes na lista de eleitores”, contou.

A perda do BJP em três estado na área central hindu “precisa ser vista de muitos ângulos”, disse o reverendo Vijayesh Lal, secretário geral da Associação Evangélica da Índia (EFI, da sigla em inglês), com base em Nova Delhi. Ele chamou a atenção para aqueles que simplesmente se cansaram do governo após três mandatos, além do partido emergente INC e a raiva de fazendeiros quanto aos preços baixos para plantações e altos custos de plantio. “Madhya Pradesh e Chhattisgarh historicamente são estados onde cristãos enfrentam crimes de ódio há muito tempo”, disse o reverendo Lal. A associação apresentou diversos relatórios documentando uma série de incidentes de violência contra cristãos na região. Madhya Pradesh alterou sua lei anticonversão para torná-la mais rigorosa durante os 15 anos de mandato do BJP, enquanto Chhattisgarh aprovou uma legislação idêntica, as duas sendo usadas para aprisionar cristãos com acusações falsas e levar cristãos a serem agredidos por hindus fundamentalistas.

Com as eleições nacionais esperadas para o início de 2019, o reverendo Lal advertiu que pode haver “mais polarização e aumento de ataques a minorias a fim de consolidar o voto hindu” na região.

Pedidos de oração

  • Ore pelas eleições nacionais que acontecerão no início de 2019.
  • Apresente os novos eleitos, para que atuem de forma justa com os cristãos.
  • Peça ao Senhor que os cristãos tenham sua fé fortalecida em Cristo.

Leia também
Ore pelas famílias cristãs da Índia
Após ser agredido, grupo de cristãos é detido na Índia
Perseguição contra cristãos aumenta no norte da Índia


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE