Ore pelas eleições na Costa do Marfim

Com as eleições no país se aproximando, aumentam as tensões, protestos e violência

Em 31 de outubro acontecerão as eleições na Costa do Marfim, e a agitação no país tem aumentado, causando crescimento de protestos e violência. Os partidos de oposição estão descontentes com o plano do atual presidente, Ouattara, de concorrer a um terceiro mandato e organizaram várias manifestações para expressar a desaprovação.

A tensão é principalmente entre dois grupos étnicos: os dioulas, que são a favor do governo do atual presidente, e os agnis, que apoiam a oposição. De acordo com a agência de notícias francesa AFP (Agence France Presse, em francês), os atos de violência iniciaram no dia 16 de outubro de 2020, quando pessoas de diferentes grupos étnicos começaram a lutar com facões, enquanto muitas casas foram incendiadas. Durante o protesto, duas pessoas foram mortas e muitas outras ficaram feridas. Em 20 de outubro, as estradas foram bloqueadas, e pneus e madeiras foram queimados na capital Abidjan por jovens pró-oposição.

Embora ainda não tenhamos recebido notícias de cristãos afetados por essa agitação, precisamos permanecer em oração pelos seguidores de Cristo na Costa do Marfim. Situações como essa podem rapidamente incitar perseguições violentas aos seguidores de Jesus. “Tudo que podemos fazer é orar e é exatamente isso que temos feito. Acreditamos que o Senhor está trabalhando no país”, contam os parceiros da Portas Abertas no país.

Pedidos de oração