O grande desafio de manter a paz aos cristãos

| 26/08/2016 - 00:00


Central+African+Republic_2016_0270100805.jpg

O presidente da República Centro-Africana, Faustin-Archange Touadéra, está diante de um grande desafio para manter a paz aos cristãos no país. Com a situação alarmante em que a igreja se encontra, diante dos conflitos com grupos armados e a violência cada vez mais frequente, o governo tentou responsabilizar os autores das últimas atrocidades ocorridas contra os cristãos. Por causa disso, agora está numa situação bastante delicada.

O grupo extremista islâmico, Seleka, deu ao governo um ultimato exigindo a libertação de seus membros presos em Bangui, capital do país. Além disso, os militantes se recusam a participar de conversações sobre desarmamento. Touadéra agora deve decidir se liberta os criminosos e tenta evitar outra guerra contra o governo, mas por outro lado, se agir assim, vai deixar de fazer justiça com os familiares das vítimas desses incidentes e aumentar a impunidade no país.

Enquanto isso, várias organizações estão prestando socorro aos cidadãos centro-africanos, tentando controlar um surto de cólera no país, uma doença transmissível e perigosa, que pode levar os infectados à morte. Até agora, mais de 150 pessoas foram infectadas e pelo menos 18 morreram. Os cristãos deslocados que vivem em Bangui estão particularmente vulneráveis à doença. Os recursos da nação, que foi devastada recentemente pela guerra, são muito limitados em todos os sentidos. A pobreza tomou conta de várias regiões, a violência do Seleka se espalhou rapidamente, as igrejas estão na mira dos extremistas e o governo tenta garantir a paz a todos, mas nem mesmo a liderança política está livre de ataques. Ore por essa nação.

Leia também
Cristãos são atingidos por conflitos de grupos extremistas
País vive um momento delicado


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE