Novo juiz anuncia que vai manter pena de morte de Asia Bibi

| 25/10/2016 - 00:00


25-paquistao-asia-bibi

Desde 2009, quando a cristã paquistanesa Asia Bibi foi presa, houve muita polêmica em relação ao seu processo. Conhecida pela mídia internacional e apoiada pela igreja em todo o mundo, ela passou por momentos difíceis e de muita dor. Agora, um de seus recursos mais esperados perante o Supremo Tribunal do Paquistão, contra sua condenação por blasfêmia, foi adiado. Um dos juízes que cuidava do caso precisou ser substituído e seu retorno é imprevisto.

O novo juiz que entrou em cena já anunciou publicamente que pretende manter a pena de morte de Asia Bibi. Sabe-se que todos os que estão trabalhando nesse julgamento passam por pressão externa. “Juízes, advogados e promotores públicos têm sido ameaçados de morte constantemente pelos extremistas islâmicos”, comentou um dos colaboradores da Portas Abertas que atua no país.

Um grupo de 150 muçulmanos radicais estão exigindo o enforcamento da cristã e também ameaçando embaixadores estrangeiros que defendem Asia Bibi. Vale lembrar que o próprio governador de Punjab, Salmaan Taseer, foi condenado à morte simplesmente por defendê-la. Por trás de casos que envolvem cristãos, existe uma forte tendência de perseguição religiosa. Mesmo que os cristãos sejam inocentes, as autoridades paquistanesas são pressionadas pelos extremistas a condená-los.

Pedidos de oração

  • Ore por Asia Bibi e por sua proteção; que o Senhor possa ser o juiz desse caso e que a libertação da cristã aconteça de forma milagrosa.
  • Interceda pela família da cristã, que seu esposo e seus cinco filhos se mantenham firmes em suas orações e propósitos.
  • Ore por todos os cristãos perseguidos no Paquistão, especialmente pelos que enfrentam prisões e torturas.

Leia também
Asia Bibi volta a julgamento
Últimas notícias sobre Asia Bibi


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE