Visita ao pastor Rinaldy Damanik

| 19/05/2004 - 00:00


Portas Abertas visitou o pastor Rinaldy Damanik e sua família quando ele estava internado em Jakarta para receber um tratamento especial por causa do seu rim.

Rinaldy, uma importante figura nas negociações de paz entre as comunidades muçulmana e cristã em Poso, foi condenado pelas acusações de porte ilegal de armas no dia 16 de junho de 2003. A acusação data de um incidente no dia 17 de agosto de 2002, quando seu comboio de ajuda humanitária foi parado pela polícia, que vasculhou o seu veículo. Dias depois, a polícia alegou ter encontrado armas de fogo e munição no veículo e pediu à Alta Corte que indiciasse o pastor.

O processo legal foi aberto em fevereiro de 2003. Várias testemunhas da promotoria admitiram no tribunal que a polícia as tinha pressionado para que depusessem negativamente contra Rinaldy. O juiz Somanada admitiu que o procedimento legal não fora seguido. Entretanto, Rinaldy foi considerado culpado e recebeu uma sentença de três anos de prisão, que deverá terminar em setembro de 2005.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE