Detido membro da ELN que foi suposto chefe de seqüestro em igreja

| 05/05/2004 - 00:00


Bogotá, 4 mai (EFE).- O suposto líder do seqüestro de mais de 140 pessoas que participavam de uma missa em maio de 1999 foi detido por militares do Exército e pela Polícia colombiana na cidade de Pereira (centro oeste), disseram fontes oficiais. O detido, identificado como Daniel Beltrán Jiménez, conhecido como Alejandro Sandoval, rebelde do Exército de Libertação Nacional (ELN), foi o chefe do seqüestro feito na igreja La Maria, em um bairro de Cali (sudoeste), segundo uma alta fonte militar.


Leia mais no UOL


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE