Violência gera pedido de socorro

| 03/05/2004 - 00:00


No dia 25 de abril, durante a cerimônia de aniversário da independência da República das Molucas do Sul, houve um grande tumulto em que 24 pessoas foram presas na Delegacia Maluku para serem investigadas.

Um grupo que apoia a República e que acompanhou a cerimônia, foi barrada por um outro grupo que se autodenomina Pro - NKRI, grupo separatista da Indonésia.

Depois desse encontro entre os grupos, uma onda de violência formou-se e dura até o dia de hoje. Após cinco dias de violências, houve incêndios, matança e tiros em todos os lugares. Está muito difícil saber o que está acontecendo por causa do medo da população da cidade de Ambon.

Por causa dessa situação, o bispado de Amboina pede à ONU e à Comunidade Internacional para que enviem ajuda para a proteção da população de Ambon. Também pedem ao Governo da Indonésia, em especial o governo central, para que venha com brevidade possível impedir os ataques entre as duas comunidades Muçulmana e Cristã e o incendiar de prédios e casas.

Pedem também que venha a cuidar das vítimas da violência, principalmente os refugiados que continuam a aumentar. Além disso, esperam que a população possa sair de Ambon para terem paz e mudar a outros lugares seguros fora de Ambon, ou fora da Província de Maluku, e até fora da Indonesia.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE