Polícia saudita não obedece ordem do príncipe

| 12/11/2003 - 00:00


Seis dias depois de ordenada a libertação pela autoridade classificada no terceiro escalão do governo saudita, dois cristãos egípcios permanecem na custódia da polícia em Riad.

Detidos no dia 25 de outubro, o Dr. Sabry Awad Gayed e Eskander Guirguis Eskander, ao que se sabe, foram acusados de estabelecer um local de culto não-muçulmano. Os dois cristãos coptas pertenciam a uma igreja doméstica de cristãos estrangeiros que se reuniam em segredo para adoração na capital saudita.

O príncipe Sultan, que detém o cargo de Segundo Vice-Primeiro Ministro e Ministro da Defesa, havia ordenado que os dois homens fossem libertados na manhã de 4 de novembro.

Ao que se sabe, o príncipe foi alertado para a detenção dos dois homens por uma queixa escrita assinada por um de seus amigos, Gamal Ramzy, que declarou estarem os dois homens presos sem um motivo válido. Depois de rever pessoalmente o processo com as acusações feitas contra o médico e o carpinteiro coptas, o príncipe Sultan deu ordens para a imediata libertação deles de uma prisão de Riad.

Mas, de acordo com a Dra. Salwa Khalil, esposa do médico preso, amigos da família em Riad confirmaram ontem que os dois homens ainda estão sendo mantidos presos.

Ninguém sabe por que, disse a esposa de Gayed, que estava em visita ao Cairo com as duas filhas pequenas quando aconteceram as detenções.

Conhecido por sua posição moderada em questões de liberdade religiosa dentro da Arábia Saudita, o príncipe Sultan tem repetido com insistência que os não-muçulmanos que vivem e trabalham no reino conservador têm a liberdade de cultuar de forma reservada em suas próprias casas.

De acordo com as estritas leis islâmicas obedecidas na Arábia Saudita, os cristãos e outros não-muçulmanos são proibidos de se reunirem para o culto público.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE