Agressores ferem gravemente cristão turco

| 04/11/2003 - 00:00


Um turco convertido ao cristianismo, que foi gravemente espancado quando distribuía Novos Testamentos em sua cidade natal de Orhangazi, no noroeste da Turquia, entrou em coma em estado grave.

Yakup Cindilli, 32, foi hospitalizado no dia 23 de outubro depois de sofrer um ataque selvagem por três indivíduos que lhe aplicaram fortes golpes na cabeça e no rosto. Apesar de inicialmente estar consciente e capaz de conversar com a família, ele entrou em coma no segundo dia de hospitalização.

De acordo com os médicos que o atendem no Hospital Estadual de Bursa, o coma de Cindilli resultou de um coágulo formado no cérebro em conseqüência dos ferimentos.

A polícia local identificou e deteve três suspeitos do crime, todos presos por ordem do promotor público que cuida do caso. Não foi marcada data para a audiência sobre as esperadas acusações contra os acusados.

Sabe-se que Cindilli e um colega identificado pelos jornais locais turcos como Tufan Orhan estavam distribuindo Novos Testamentos no momento da agressão. Uma manchete dizia: Dois Jovens Espancados Fazendo Trabalho Missionário. Ambos foram deixados semi-inconscientes num terreno baldio em Orhangazi após a fuga de seus agressores.

De acordo com uma reportagem de 26 de outubro do jornal nacional Milliyet, Cindilli e Orhan foram espancados por estarem fazendo propaganda missionária. Um dos suspeitos, Metin Yildiran, é presidente do capítulo local do Partido do Movimento Nacionalista (MHP), informou o Milliyet. Os outros dois homens foram identificados como Huseyin Bektas e Ibrahim Sekman.

Partido político de extrema direita acusado de atividades neo-fascistas durante a violenta década de 1970 da Turquia, o MHP tem sua plataforma historicamente ligada à versão nacionalista de cor islâmica.

De acordo com os crentes locais, Cindilli manifestou interesse pela primeira vez pelo Cristianismo há dois anos quando telefonou para o Alo Dua, um ministério de oração por telefone iniciado pelos cristãos protestantes locais após o devastador terremoto de 1999 na Turquia.

Depois de ler o Novo Testamento e crer em Cristo, Cindilli começou a escrever poesias e cânticos. Ele era um crente muito fiel, que vivia por conta própria longe daqui, disse à Portas Abertas um funcionário do Alo Dua. Ele decidiu-se pelo Senhor e conversamos e oramos com ele pelo telefone.

Cindilli viajava de vez em quando para Bursa, cerca de 50 quilômetros distante de Orhangazi, para visitar a comunidade protestante de lá. A família se opunha à sua nova fé e jogou fora todos os seus livros cristãos e o advertiu que abandonasse sua nova crença..

No inicio deste ano, Cindilli mudou-se para Istambul, onde encontrou emprego e freqüentou a Igreja Protestante Maltepe por vários meses. Em meados de agosto, voltou para casa em Orhangazi, onde começou a trabalhar num emprego de construção.

Quando Cindilli visitou pela última vez o pastor da Igreja Protestante de Bursa cerca de um mês atrás, pediu alguns Novos Testamentos para distribuição. Eu não conheço Yakup muito bem, disse o pastor a Portas Abertas, mas ele é um homem muito corajoso. Estamos muito preocupados com o que lhe aconteceu e estamos orando por seu restabelecimento.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE