Dois pastores são mortos em diferentes incidentes na África

| 03/01/2007 - 00:00


Dois pastores foram atacados e assassinados em diferentes incidentes na África, disse o ministério Voz de Salém (SVM, sigla em inglês).

O pastor George Hilby Lukonge, pastor pentecostal vindo da Dinamarca, morreu em virtude das agressões que sofreu. Ele foi morto a apenas alguns metros de sua residência na cidade de Entebbe, sul da Uganda, em 29 de dezembro. Os agressores armaram uma emboscada e o atacaram de surpresa.

George pastoreava a igreja pentecostal em Kansanga, e voltava para casa quando foi abordado. Seu corpo foi descoberto por um vizinho, na manhã seguinte.

Os assaltantes também roubaram bens de sua casa. Suspeita-se que os ladrões tenham pegado as chaves da casa em seu bolso depois do ataque, uma vez que não havia sinais de arrombamento na casa.

O chefe do Departamento de Investigação Criminal da polícia de Entebbe, Stanley Owor, disse: Eles o atingiram na cabeça com um pedaço de pau. Ele tinha um grande ferimento na cabeça e estava caído em uma poça de sangue a alguns metros da casa.

O pastor George vivia sozinho porque sua família estava na Dinamarca. Um representante da igreja, Adam Agada, disse que o pastor havia acabado de se mudar para a área.

Outro pastor, chamado Berrington Madaza, de 41 anos, foi assassinado em um carro seqüestrado. O incidente aconteceu em 25 de dezembro, na província de Cabo Oriental, na África do Sul.

O pastor Berrington foi preso no porta-malas de seu carro na cidade de Mthatha por dois homens. Seu carro, danificado, foi encontrado mais tarde nas proximidades de um hotel, de acordo com Nondumiso Jafta, representante da polícia. Ele disse que a polícia encontrou uma arma no carro, que foi enviada para a balística. O pastor Madaza tinha uma única ferida à bala.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE