Seqüestro de avião turco termina sem feridos na Itália

| 03/10/2006 - 00:00


O seqüestro de um avião turco terminou nesta terça-feira na Itália com os 113 reféns --107 passageiros e seis tripulantes-- libertados sem ferimentos, informaram autoridades italianas.

O Boeing 737-400, que realizava o vôo TK1476, foi seqüestrado após decolar de Tirana (capital albanesa) com destino a Istambul, mas o piloto conseguiu aterrissar em segurança em Brindisi.

Segundo o Ministério da Defesa da Grécia, o piloto do avião enviou sinal de seqüestro duas vezes. Em seguida, a aeronave entrou no espaço aéreo grego às 18h , mas foi forçada a deixar a região ao ser seguido por quatro jatos da força aérea grega.

Dois caças F-16 da força aérea italiana interceptaram então a aeronave, que obrigou os seqüestradores a aterrissar no aeroporto de Brindisi.

Relatos iniciais davam conta de que os dois seqüestradores --que seriam turcos e estavam desarmados-- pretendiam protestar contra a próxima visita do papa Bento 16 à Turquia, prevista para o final de novembro, e pelas recentes declarações do papa a respeito do islã.

Leia mais na Folha Online.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE