Cristãos iranianos enfrentam perseguição

| 20/08/2006 - 00:00


Os cristãos iranianos pedem nossas orações por dois incidentes semelhantes, um ocorrido no sul e outro no norte. Ambos envolvem cristãos sendo molestados pelo governo, de modo que os líderes eclesiásticos responsáveis por eles decidiram que esses irmãos deveriam se mudar para cidades maiores.

Na semana passada, em uma cidade do sul, a polícia agrediu duas mulheres que estavam em casa. Uma delas foi presa e libertada dias depois. Desde então, a polícia telefonava todos os dias ameaçando prendê-la outra vez. Eles também ameaçaram os irmãos e os pais das mulheres.

Em uma cidade do norte, um casal vinha sendo importunado. A polícia foi a casa deles para prendê-los. Entretanto, o casal tinha previsto que isso podia acontecer e deixou a cidade.

Em ambos os casos, os ministérios a que esses irmãos estão ligados buscam encontrar lugares para eles em cidades grandes o suficiente para que eles possam ser ativos no ministério sem ser notados pelos oficiais do governo.

Os cristãos iranianos pedem que oremos para que o Bom Pastor:

. Mantenha esses irmãos a salvo da injustiça.
. Revele seu amor e sua presença a eles a cada dia em sua nova moradia.
. Guie aqueles que cuidam desses irmãos.
. Faça seu amor e sua verdade serem conhecidos de todos os oficiais envolvidos e que eles possam se render ao seu amor incondicional.

Acusação falsa

Em 24 de julho, Issa Motamadi Mojdehi foi preso em Rasht, capital da província de Gilan. Issa se tornou cristão há sete anos. Ele e sua esposa têm dois filhos. Um oficial da Savama (polícia secreta iraniana) disse a Issa que ele ficaria na prisão até retornar ao islã. (Leia mais sobre esse caso).

Para as autoridades iranianas, Issa é um apóstata por que abandonou o islamismo. Em vez de acusá-lo disso, as autoridades o acusaram formalmente de estar envolvido em tráfico de drogas. Os cristãos iranianos estão convencidos de que isso é uma acusação falsa. Entretanto, como a apostasia, essa acusação leva à pena de morte.

Por isso, os cristãos pedem que oremos para que Deus:

. Liberte Issa da prisão.
. Revele seu amor e sua presença a ele, sua esposa e seus filhos a cada dia.
. Oriente aqueles que apóiam a família.

Líderes perseguidos

Por outro lado, vários líderes de comunidades domésticas têm sido perseguidos por sua fé. Dois deles foram presos, detidos por 20 dias e libertos sob fiança. Outro foi agredido em um parque e ficou detido por alguns dias por supostamente ter batido em seus agressores.

Os líderes cristãos iranianos pedem que oremos para que o Senhor:

. Dê cura física para os que foram agredidos e cura emocional para todos os que sofrem.
. Proteja todos os cristãos, especialmente os que ocupam posições de liderança,
. Oriente, inspire e prepare pastores e líderes para o rebanho.

E que, em todas as coisas, o Bom Pastor continue a edificar sua Igreja no Irã.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE