Trabalho missionário é afetado por leis anticonversão

| 19/08/2006 - 00:00


A recente aprovação dos chamados projetos de "lei de liberdade religiosa" em dois Estados indianos está trazendo uma reação rápida do líder de um ministério de evangelismo voltado para a Ásia, com sede nos Estados Unidos.

De acordo com a recém-aprovada legislação, as pessoas que querem mudar de religião precisam as autoridades do governo. Se não o fizerem, recebem multas e podem ser presas. O decreto desse regulamento foi estimulado por falsas acusações de conservadores hindus, que alegaram que os missionários cristãos estavam convertendo as pessoas através da força.

K. P. Yohannan é o presidente do Evangelho para a Ásia (GFA, sigla em inglês), uma organização missionária comprometida com o evangelismo e a fundação de igrejas em partes da Ásia ainda não alcançadas pelo evangelho. Ele disse que as novas leis de conversão dos Estados indianos foram aprovadas para tornar mais difícil que as pessoas se convertam ao cristianismo.

"A Suprema Corte declarou que a polícia local tem autoridade para investigar por conta própria se existe uma reclamação sobre um missionário tentando converter alguém à fé cristã", explica Yohannan. "Isso é um golpe devastador, considerando a existência das duras leis que eles têm".

Níveis extremos

O líder do ministério afirma que a conversão é a principal questão política na Índia e que muitas vezes as autoridades indianas usam o poder para intimidar e discriminar os cristãos. "Normalmente, quando sofremos abusos e perseguições, a polícia local e as autoridades nem mesmo olham", sustenta ele. "Eles simplesmente vão embora, porque fazem parte do grupo que sempre faz esse tipo de coisa com os missionários e obreiros cristãos".

Yohannan destaca que esse tipo de perseguição anticristã atinge níveis extremos em certas regiões da Índia. "Isso é o que está acontecendo no Estado de Madhya Pradesh, onde sempre tivemos muita oposição", ele declara. E agora, as novas leis "anticonversão" estão "tornando muito mais difícil o trabalho dos obreiros cristãos".

O Evangelho para a Ásia treina e equipa missionários locais para evangelizar e plantar igrejas na Índia e na Ásia. De acordo com fontes do ministério, um funcionário do governo indiano admitiu que o propósito da lei anticonversão foi minar os planos dos missionários cristãos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE