Equipe de evangelismo é atacada em Maharashtra

| 10/08/2006 - 00:00


Em julho, três alunos do colégio bíblico da missão Evangelho para Ásia (GFA, sigla em inglês), em Maharashtra, foram hospitalizados, depois de serem atacados e agredidos severamente por um grupo de extremistas anticristãos.

Um mês depois, esposas de pastores foram despidas e espancadas perante um conselho da vila, por causa de sua fé em Cristo.

Os dois incidentes são evidências da crescente opressão dos cristãos no centro da Índia, diz Yohannan, presidente do GFA.

Os três alunos, com alguns cristãos de uma igreja, voltavam de um evangelismo em uma vila vizinha quando foram atacados. Os fundamentalistas hindus agrediram os cristãos com cintos, varas e socos.

Entretanto, um grupo de moradores viu o ataque e interveio, para interromper a agressão e resgatar os cristãos.

As esposas de pastores no Estado de Chattisgarh foram "arrastadas perante o conselho da comunidade, despidas e espancadas por aceitarem Jesus e segui-lo", disse o líder regional do GFA, Lalachan.

Firmes, apesar da perseguição

Apesar das agressões e humilhações, os cristãos na região central da Índia continuam firmes. Os alunos feridos no ataque receberam alta do hospital depois de três dias, e as mulheres estão se recuperando.

"Todos eles estão de volta ao ministério", escreveu um correspondente de campo da GFA, falando sobre a equipe de Maharashtra. "Eles estão determinados e comprometidos com a causa."

Um pouco mais cedo, no dia em que os estudantes foram atacados, 12 pessoas naquela vila visitada pela equipe se converteram ao Senhor. "Uma nova base missionária começou ali", escreveu o correspondente.

"Os cristãos estão vivenciando um crescimento na perseguição e nos ataques", notou Yohannan. "É nosso dever e privilégio apóia-los em oração e jejum. Que, através do nosso chamado, possamos ver milhões de homens, mulheres e crianças perdidos virem a conhecer o amor e a graça de nosso Senhor Jesus Cristo."


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE