Cristãos somalis necessitam de oração

| 29/07/2006 - 00:00


Nos últimos dois anos, os pistoleiros que aplicavam as sentenças de vários tribunais islâmicos, baseadas em clãs de Mogadíscio, se uniram e formaram a milícia mais forte do país: a União dos Tribunais Islâmicos (ICU, sigla em inglês).

Em fevereiro de 2006, militares que controlavam Mogadíscio, a capital da Somália, se uniram e formaram a Aliança para Restauração da Paz e Anti-terrorismo, a fim de deter a ICU a quem acusam de acolher militantes estrangeiros da Al-Qaeda.

No início de junho, Mogadíscio foi tomada pelos islâmicos depois de quatro meses de luta. Alguns somalis (e jornalistas ocidentais) expressaram alívio com o fim do domínio dos militares e com término da luta. Eles acreditavam que o ICU traria paz e segurança a Mogadíscio.

Entretanto, a ascensão da ICU é uma péssima notícia para o pequeno remanescente cristão da Somália. A situação passou de perigosa e terrível para totalmente desesperadora. Os cristãos somalis, tanto os que vivem no país quanto os que vivem como refugiados nos países vizinhos, precisam de nossas orações.

Sharia para todos

O xeique Hassan Dahir Aweys, 61, apontado como chefe do Conselho Shura, membro da ICU, será agora um "parlamentar" em todas as áreas controladas pela ICU. Hassan, que foi considerado como terrorista pelos Estados Unidos e pela ONU, liderou anteriormente o al-Itihaad al-Islamiya, um grupo militante islâmico acusado de ter ligações com a al-Qaeda nos anos de 1990 e pelo envolvimento nos atentados a bomba contra as embaixadas dos EUA na Tanzânia e no Quênia. Agências de inteligência afirmam que a ICU não é um grupo coerente em termos de ideologia ou estrutura e que está usando o islamismo para consolidar seu poder.

A agência de notícias Associated Press obteve uma fita de vídeo, feita pela ICU para levantamento de fundos e recrutamento, que mostra somalis treinando e lutando ao lado de militantes árabes. O áudio contém canções árabes e versos incitando os muçulmanos a se unirem na guerra santa mundial para promover o islã e derrotar seus inimigos.

A ICU prometeu implantar a lei sharia em todo o país. O xeique Hassan afirma que a sharia é a solução para todos os problemas da Somália e jurou: "Aquele que não fizer suas orações será considerado infiel e a nossa lei sharia ordena que a pessoa seja morta. A sharia determina a morte de qualquer muçulmano que deixe de fazer suas orações".

O xeique acrescentou que a implementação da sharia na Somália é compulsória para qualquer cidadão.

Fontes contam que, recentemente, três cristãos foram mortos a tiros de pistola automática em Mogadíscio, quando voltavam de uma reunião de oração.

Há pouco tempo, alguns filhos de refugiados cristãos somalis no Quênia foram seqüestrados por parentes muçulmanos e levados para instituições islâmicas na Somália para "reabilitação". A polícia queniana e o Alto Comissariado para Refugiados (UNHCR) estão trabalhando para lidar com a questão.

É difícil imaginar como a situação possa melhorar na Somália, movida e devastada pela violência. A única alternativa é ir ao Deus vivo que, no início, apenas por sua palavra, tirou beleza e ordem da escuridão e do caos.

Motivos especiais de oração:

 Ore para que Deus apresse o resgate das crianças que foram seqüestradas e afastadas do convívio de seus pais, cristãos somalis refugiados.
 Ore para que o Espírito Santo misericordiosamente salve o povo somali, levando-o a Cristo em sonhos, visões, através do evangelismo no rádio, das publicações cristãs na língua somali e através do testemunho pessoal dos cristãos.
 Peça para que haja discórdia entre os que levaram mais repressão e violência para a Somália, de modo que suas bases se rompam e suas alianças falhem, deixando espaço para que os servos de Deus cumpram a vontade dele.
 Ore para que Deus levante líderes sábios e fortes na Somália, para atuarem no direito, na medicina, na agricultura, na educação, no governo, no estabelecimento da paz e em todas as outras áreas, especialmente na igreja.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE