Cristãos procuram a verdadeira paz no Oriente Médio

| 22/07/2006 - 00:00


Em meio aos gritos de medo e fúria, enquanto foguetes caem em Israel e noLíbano, os cristão do Oriente Médio clamam a Deus profundamente: "Senhor, tragapaz!".

Não pedem só uma paz política ou militar, que pode ou não nuncachegar. Pedem a paz que apenas Deus pode trazer por meio de Jesus Cristo.

"Na noite passada nossa família adormeceu ao barulho das bombas eacordou nesta manhã ouvindo mais do mesmo som", um cristão da região relatou,depois de dias de ataques. "Mas nós não temos dúvida de que Deus está no Seutrono, e Ele está atraindo as nações para Si."

"Ore para que a luz deDeus possa brilhar através dos seguidores de Jesus durante esses dias e noitesde tribulação no Oriente Médio", ele disse. Ele pede oração para que os crentesem Jesus encontrem descanso e esperança nas promessas da Palavra de Deus. "Orepara que eles tenham a perspectiva e direção do Senhor, para saber comoministrar no nome de Jesus às muitas pessoas feridas em redor deles."

Ehá mesmo muitos feridos.

O brilhante, resplandecente novo Líbano queemergiu nos últimos anos do entulho da longa guerra civil é agora uma zona deguerra, apanhado no fogo cruzado entre os guerrilheiros do Hezbollah e oexército israelense. A vida diária no norte de Israel é refém das sirenes dealerta de ataque, e da correria a abrigos contra os mísseis. Em Gaza, asfamintas famílias palestinas, aconchegam-se em suas casas enquanto a lutacontinua entre os militantes do Hamas e as forças de Israel. Na Síria, oscristãos ficam imaginando se o seu país será a próxima vítima dessa guerra.

"Isso chegou a um ponto que, para mim, ninguém poderia ter imaginado",disse um observador cristão familiar à situação no Líbano. "O que eu achorealmente triste é que a guerra é entre o Hezbollah e Israel, não é com o povolibanês."

Segundo esse cristão, a paz é uma ilusão para os libaneses.Eles falam sobre ela e a valorizam, eles buscam uma paz dada pelas autoridades,políticos e governadores que estão em volta deles. "Precisamos orar para que,nessa situação, o Príncipe da Paz reine, porque não há paz no Oriente Médio."

Esse cristão diz que, com todos os fatores em jogo, se as pessoascontinuarem a buscar a "paz no Oriente Médio", elas serão sempre desapontadas."Sabemos que as nações estão entrando em guerra umas contra as outras. Queremosque as pessoas conheçam a verdadeira paz, na prosperidade ou na guerra. Elas nãosabem disso. Elas não percebem que apenas Jesus pode trazer alegria em meio aoque parece ser uma situação sem esperança."

Esse observador também pediuuma "intervenção sobrenatural nas vidas dos líderes israelenses e também doHezbollah. Às vezes, não oramos por coisas que achamos estar fora de cogitação,mas nosso Deus é soberano.

"Deus sabia que isso estava por vir. Deusestá no meio disso. Precisamos olhar para a mão dEle trabalhando. Precisamosacreditar que Ele está agindo em meio ao conflito. Há cristãos libaneses queestão exatamente no sul de Beirute, onde as bombas caem. Ore para que a luzdeles brilhe durante esse período."

John Brady, que dirige o trabalhobatista no norte da África e no Oriente Médio, acentua que os trabalhadorescristãos na região "não estão lá para tomar partido. Nossa função é orar eministrar no nome de Jesus Cristo. Então, um dia, o povo dessa região tumultuadaconhecerá o Príncipe da Paz.

No momento, todos os obreiros batistas naregião estão seguros, ele disse.

Enquanto isso, os cristãos libanesesentregam alimentos e Novos Testamentos aos abrigos que recebem pessoas fugindoda guerra no sul do país. Eles pedem oração por sua segurança e pela continuaçãode seu ministério aos refugiados atemorizados. Muitos cristãos libaneses do sulde Beirute e em outros lugares no sul do Líbano permanecem isolados na área porcausa dos bombardeios de estradas e pontes. Ore pela segurança e pelo ministériodeles em meio ao caos.

Outros pedidos de oração vindos do Oriente Médio:

 Israelenses sofrem ataques de dentro e de fora de sua terra por quase60 anos. Ore para que eles finalmente conheçam a paz - a paz interior através deCristo e a paz para sua nação;

 Ore pelos batistas palestinos quecontinuam um projeto de entrega de alimentos nos campos de refugiados em Gaza -um ministério que se tornou muito importante, pois os suprimentos de comidadiminuíram com os confrontos na região;

 Muçulmanos xiitas estão emtodo o Oriente Médio e muitos deles experimentam o trauma da guerra agora. Umcristão pede: "Sempre que você ouvir notícias de que aconteceu alguma explosãoem seus bairros ou mesquitas, ore para que eles sejam confortados. Ore para queeles conheçam Jesus e saibam andar em Seus caminhos. Ore pela liderança xiita,que eles encontrem Jesus e comecem a escutar Suas instruções".

O ódio,medo e violência são forças poderosas, em particular no Oriente Médio. Mas, elasnão podem vencer o poder da oração. Os cristãos de lá estão reivindicando essepoder, e eles esperam que os cristãos em todo o mundo se unam a eles nessashoras escuras.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE