Igrejas iranianas lançam campanha de jejum e oração pelo país

| 24/05/2006 - 00:00


Enquanto os Estados Unidos e o Irã discutem questões relativas à tecnologia nuclear de forma temerária, mais de 120 líderes de igrejas iranianas comprometeram-se a realizar 40 dias de oração e jejum pela salvação do Irã.

Essa campanha terá início no Dia da Ascensão, em 25 de maio - o quadragésimo dia depois da Páscoa, em que se comemora a ascensão de Cristo ao céu e a orientação dele aos discípulos para que esperassem a visitação de Deus.

De acordo com Sam Yeghnazar, diretor executivo do Elam Ministries, os participantes irão jejuar por diferentes períodos de tempo durante os 40 dias.

Ele disse: "Os cristãos iranianos lançaram um chamado à Igreja de todo o mundo para que se unam em oração pelo estratégico país que é o Irã. Eles estão trabalhando juntos para ver que milhões de cristãos ao redor do mundo se juntarão a nós nessa campanha. Muitos líderes de igrejas e grupos de oração no mundo todo já começaram a se dedicar a essa campanha."

Tempos críticos

Em resposta à pergunta "por que orar e jejuar pelo Irã?", Sam responde: "Porque tempos críticos exigem ações importantes". Ele diz que o Irã tem representando um papel de liderança no mundo islâmico.

"Nesses dias o país é o centro de uma crise global que pode facilmente levar a uma guerra, a uma profunda desordem política e ao caos econômico. Precisamos dobrar nossos joelhos e orar para que Deus, por sua misericórdia, intervenha."

Sam acrescenta: "A pequena, mas crescente igreja iraniana está às vésperas de um crescimento sem precedentes. Apesar da possibilidade de perseguição, homens e mulheres, jovens e velhos estão colocando sua fé em Jesus Cristo. Precisamos agradecer a Deus pelos corações abertos e precisamos clamar por um grande avivamento. Uma igreja forte no Irã irá impactar toda a região".

Os cristãos ao redor do mundo estão sendo chamados a orar pela Igreja Perseguida no Irã. "A igreja tem experimentado perseguição e restrição severas desde a revolução de 1979", diz Sam.

"Desde o ano passado, essa intimidação aos cristãos se intensificou. Vamos orar por proteção, sabedoria e ousadia para nossos irmãos no Irã." Sam também pede aos cristãos para que orem por um avivamento no país.

Grande avivamento

"A maioria dos 70 milhões de habitantes do país nunca teve a oportunidade ouvir o evangelho. Queremos orar para que cada iraniano ouça e entenda o evangelho e que milhões se arrependam e sejam salvos."

Ele sugere ainda que os cristãos orem para que Deus intervenha na situação política do país.

"Vamos orar para que Deus dê ao Irã líderes justos e humildes, que ajam com retidão e compaixão", diz Sam.

Essa campanha não teve um planejamento longo, segundo ele. "Ela foi discutida pela primeira vez em 21 de abril último. Por ser importante, a idéia ganhou corpo. Por ser urgente, não podemos esperar", afirmou Sam.

"Por causa do tempo curto, lançamos o website www.prayforiran.com (em inglês), que irá fornecer todas as informações e pedidos de oração para que a Igreja no mundo todo possa interceder".

A partir do dia 25 de maio, os pedidos de oração serão postados diariamente no website. Haverá três pedidos principais todos os dias referentes a: a) a igreja no Irã; b) o povo no Irã; e c) a situação política.

Todos os dias haverá também uma exibição de slides de 5 minutos com imagens do Irã acompanhadas de alguns louvores em persa. Isso irá ajudar os cristãos a orarem por cinco minutos ou mais todos os dias.

Sam Yeghnazar conclui: "Ficarei muito grato se você puder estender esse pedido à sua igreja e a outros grupos que nos sustentem em oração".


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE