Pastor morre em conseqüência das torturas que recebeu na prisão

| 27/04/2006 - 00:00


O pastor Hussein Adan Ahmed, de 44 anos, morreu em Afgoye, sul da Somália, em 20 de março último. Ele deixou a esposa, Fatima Mohammed Nur, e sete filhos.

O pastor Hussein morreu em conseqüência dos graves ferimentos na cabeça que recebeu no período em que ficou preso por seu testemunho cristão.

Ele era um professor e foi preso pelo serviço secreto do Serviço de Segurança Nacional, em 1986, depois que Mohammed Adunyo, o diretor da escola em que trabalhava, o acusou de difundir o cristianismo entre os estudantes. O pastor Hussein foi imediatamente detido em Afgoye.

O pior pesadelo

Em seguida, o pastor Hussein foi transferido para a Prisão Central de Mogadishu, sob recomendação do coronel Abdirahman Mohammed, líder do Serviço de Segurança Nacional em Afgoye.

O pastor Hussein foi regularmente torturado nos três anos que passou na prisão. O pior pesadelo ocorreu em 1989, quando os torturadores muçulmanos bateram em sua cabeça, repetidas vezes, com varas de metal e cacetetes de madeira até que ele desmaiou.

Antes disso, ele foi golpeado nos pés, tornozelos e mãos. Os torturadores do pastor Hussein recorreram ao pior tipo de tortura (golpear os prisioneiros na cabeça) porque o pastor se recusou a revelar o nome dos membros de sua igreja doméstica clandestina.

Morte do corpo

O pastor Hussein ficou epilético, sua visão ficou embaçada, a laringe se rompeu, a mão direita e a perna esquerda ficaram com seqüelas das torturas. O pastor Hussein consultou um médico depois de sua libertação e obteve o diagnóstico de que seu cérebro havia sido danificado por causa das pancadas na cabeça que recebeu na prisão.

O atestado de óbito do pastor Hussein registra como causa da morte: "graves lesões na cabeça sofridas em 1989".

Ore pela esposa do pastor e pelos seus sete filhos.

Benditos são aqueles que sofrem pelo Senhor, por isso está escrito: "Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma". (Mateus 26.28b.)


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE