Freiras que pregavam o cristianismo são demitidas

| 06/04/2006 - 00:00


Freiras católicas de um leprosário público da cidade de Ahmedabad não poderão mais trabalhar com os pacientes. O governo de Gujarat se recusou a renovar seus contratos.

O governo suspeita que as freiras estavam pregando o cristianismo aos pacientes. A irmã Karuna, uma ex-presidente do hospital disse que esse é um rumor, e ela mesma não acredita nele. "Eu sei que está escrito no meu contrato que eu não posso pregar aqui. Você pode perguntar aos pacientes, e vai descobrir que eu não prego."

Os pacientes também negaram as alegações do governo contra as freiras. Eles disseram que as freiras foram demitidas por causa de acusações infundadas.

Laganpat, um paciente, disse: "Nunca recebemos sermões da Bíblia, e nunca nos pediram para nos converter ao cristianismo". O governo terminou o contrato com a sociedade cristã de Dioses sem informá-la. A questão escandalizou a comunidade cristã de Ahmedabad.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE