Padre belga é levado a julgamento por falar contra o islã

| 05/04/2006 - 00:00


Um sacerdote católico belga, conhecido como padre Samuel, será levado a julgamento por incitação ao ódio religioso, segundo uma decisão tomada semana passada pelo poder judiciário belga. De acordo com o "Brussels Journal", o padre, que fugiu da Turquia por causa da perseguição islâmica, está sendo processado por alertar contra o fundamentalismo islâmico.

A sua afirmação ofensiva é: "Toda criança muçulmana profundamente islamizada nascida na Europa é uma bomba relógio para as crianças ocidentais no futuro. As ocidentais serão perseguidas quando se tornarem uma minoria".

O padre repetiu a afirmação e alertou contra a "invasão islâmica" no Ocidente, mesmo depois de saber do seu futuro julgamento. Ele foi suspenso por seu bispo, mas continua a ser um clérigo popular.

Complô

O que parece ser um sentimento amargo para algumas pessoas, é uma convicção sincera para muitos sacerdotes que vêm de nações islâmicas.

O patriarca da Igreja Católica Melquita Grega, em uma declaração impressionante que recebeu pouca cobertura, afirmou: "Eu acredito que, depois de 11 de setembro, há um complô para eliminar todas as minorias cristãs do mundo árabe".

O patriarca calcula a existência de 20 mil católicos melquitas na Síria. Em uma entrevista com a revista italiana "30 Days", ele afirmou: "O islamismo é nosso habitat, o contexto no qual vivemos e ao qual estamos historicamente associados. Vivemos há 1.400 anos no meio deles. Nós entendemos o islamismo por dentro. Quando ouço um verso do Alcorão, isso não é algo estranho para mim. É uma expressão da civilização à qual pertenço".

Em relação ao complô para eliminar os cristãos, ele afirma que "a simples existência dos cristãos arruína a tese de que os árabes não podem ser outra coisa além de muçulmanos, mas cristãos e ocidentais". Se, ele diz, "o Oriente Médio ficar livre de todos os cristãos árabes, o mundo árabe e o chamado ocidente cristão serão deixados frente a frente. Será mais fácil provocar um conflito e justificar isso com a religião".


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE