Número de mortos em confrontos no Iraque sobe para 80

| 23/02/2006 - 00:00


Pelo menos 80 pessoas já morreram em confrontos entre muçulmanos sunitas e xiitas nas últimas 24 horas no Iraque.
 
Os conflitos começaram depois de um ataque a um templo xiita na quarta-feira, na cidade de Samarra, e ao longo da noite e da madrugada desta quinta-feira se espalharam para o restante do país.

Como uma tentativa de interromper a escalada de tensão, o presidente iraquiano, Jalal Talabani, convocou as principais lideranças políticas e religiosas do país para uma reunião e falou do risco de o país cair em uma guerra civil.Estamos vendo uma grande conspiração para destruir a unidade iraquiana, disse Talabani.

No entanto, a principal liderança sunita, a Frente de Concordância Iraquiana, decidiu boicotar o encontro para protestar contra o que eles chamam de falha das autoridades em lhes fornecer.

Violência

Pelo menos 53 pessoas foram mortas durante a madrugada apenas em Bagdá e dezenas de mesquitas sunitas foram atacadas em diferentes partes do Iraque.

Uma fonte policial disse que 47 cadáveres com marcas de tiros foram encontrados na vila de Nahrawan, ao sul de Bagdá, ao lado de carros incendiados.

Leia mais no BBC Brasil.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE