Católicos e evangélicos entregam monumento pela paz

| 09/12/2005 - 00:00


Monumento com a figura de uma pomba com as asas abertas e que carrega no bico um ramo de planta típica da região foi entregue, na segunda-feira, 5, à comunidade de Totos em reparação e memória das vítimas do conflito armado que o país viveu de 1980 a 2000.
 
A obra, entregue pela Comissão Episcopal de Ação Social (CEAS), da Igreja Católica, e da Associação Paz e Esperança, vinculada às igrejas evangélicas,  inscreve-se no  marco das recomendações sobre reparações simbólicas formuladas pela Comissão da Verdade e Reconciliação (CVR).
 
A localidade de Totos, que fica a cerca de 170 quilômetros ao norte de Ayacucho e a 450 quilômetros de Lima, pertence à província de Cangallo. Tem uma população estimada de 6 mil habitantes distribuídos em 11 comunidades camponesas.
 
O ramo no bico da pomba no lugar da tradicional oliveira guarda um significado especial para as comunidades andinas, pois trata-se de uma planta de "molle", uma espécie de origem andina, e que representa o verdor, seja em tempo de chuva como de seca.
 
Para a advogada da CEAS, Zulma Villa, o monumento expressa o reconhecimento do dano infligido contra a comunidade de Totos, e é uma homenagem a todas as pessoas mortas nesse período, assim como aos seus familiares que empreenderam uma firme luta pela verdade e justiça.
 
O diretor regional de Paz e Esperança, Germán Vargas, disse que o compromisso de católicos e evangélicos não se esgota no simbólico, mas abarca o acompanhamento aos familiares das vítimas em suas demandas de justiça.
 
CEAS e Paz e Esperança vêm patrocinando legalmente o caso de Carpaccasa, onde quatro moradores de Totos foram assassinados em 1983 por membros do Exército peruano, a mando de um capitão conhecido como Chacal.
 
Somos conscientes de que os atos simbólicos constituem uma expressão concreta  de solidariedade e se revestem de importância, mas não satisfazem plenamente o direito à justiça que corresponde às vítimas e seus familiares, anotou Vargas.
 
O monumento foi recebido pelo prefeito de Totos, Urbano López Surco. Ele disse  tratar-se do acontecimento mais importante ocorrido durante sua gestão no distrito.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE