Inteligência da França diz que 1 em cada 4 muçulmanos é extremista

| 24/11/2005 - 00:00


Uma em cada quatro pessoas que se converteram ao islamismo se torna um extremista. A afirmação é do diretor-geral do Serviço de Inteligência da França, Pascal Mailhos, em entrevista publicada nesta quinta-feira pelo jornal Le Monde. Ainda de acordo com ele, a cada ano, 1.600 pessoas se tornam muçulmanas na França.

É também com base nesses dados que o projeto de lei que vai endurecer a luta contra o terrorismo vem sendo discutido na Assembléia Nacional francesa. A proposta prevê o aumento das penas para membros de organizações terroristas.

A conversão ao extremismo acontece cada vez mais cedo e com mais freqüência, diz Mailhos. De 1.700 pessoas que seguem o islamismo, ao menos 40 são seduzidos também pelos extremistas, afirma.

Para Mailhos, na intenção de reduzir essas estatísticas que parecem avançar a cada dia, o serviço secreto francês está observando, há meses, alguns possíveis candidatos a se converter ao islamismo e analisando quantos deles poderiam virar extremistas.

Leia mais na Folha Online


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE