Liberdade de culto: Cuba e guerrilhas colombianas na mira dos EUA

| 09/11/2005 - 00:00


O departamento americano de Estado destacou em um informe publicado nesta terça-feira que a ilha de Cuba é o único país latino-americano que continua a proibir a prática livre da religião, embora não tenha incluído o país caribenho em sua lista negra, e apontou a guerrilha colombiana como o outro problema da região.

Em seu sétimo relatório sobre a liberdade de culto no mundo, o departamento de Estado reafirma suas críticas a Cuba pela falta de liberdade religiosa na ilha, mas sem colocá-la no mesmo nível que China, Irã, Mianmar (antiga Birmânia), Coréia do Norte, Vietnã, Eritréia, Sudão e Arábia Saudita, todos na lista negra.

Cuba, que não mantém relações diplomáticas com Washington e sofre um embargo desde 1962, também não está entre os três países (Paquistão, Uzbequistão e Turcomenistão) cuja inclusão na lista foi solicitada por uma comissão integrada por membros designados pelo presidente George W. Bush.

Leia mais no UOL.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE