Censura chinesa chega agora à maior enciclopédia do mundo na rede

| 21/10/2005 - 00:00


As autoridades da China, que aumentam dia a dia a censura contra internet, bloquearam agora o acesso à enciclopédia livre Wikipedia, a maior do mundo, informou hoje à EFE a organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF).

O acesso à web foi proibido em várias províncias, incluindo Xangai, desde 18 de outubro, afirmou um comunicado da RSF que pede ao Governo chinês que suspenda imediatamente o bloqueio à Wikipedia.

De acordo com a organização, o fato de a Wikipedia conter informações que não agradam ao Governo chinês (sobre violações de direitos humanos por parte de Pequim, independentismo no Tibet e Xinjiang, entre outros temas) levou as autoridades do país a bloquearem a página.

O acesso a muitas outras páginas delicadas para Pequim, como as das organizações não-governamentais Anistia Internacional, Human Rights Watch, ou da própria RSF, é vetado aos internautas em território chinês.

Leia mais no UOL.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE