Socorra as vítimas do terremoto na Ásia - clique aqui

| 18/10/2005 - 00:00


"Esse é o nosso povo! Temos que fazer alguma coisa." Líder eclesiástico no Paquistão

Líderes de igrejas do Paquistão pediram que a Portas Abertas apóie as igrejas locais e possibilite que eles atuem no socorro às vítimas do terremoto que devastou o nordeste do Paquistão.

Você também pode ajudar. Sua doação levará auxílio às famílias que, além de terem sofrido a perda de entes queridos, perderam também suas casas.

O tremor de 7.6 graus na escala Richter, ocorrido em 8 de outubro, e os fortes tremores subseqüentes mataram milhares de pessoas e feriram dezenas de milhares. O governo do Paquistão estima que mais de 2,5 milhões de pessoas ficaram desabrigadas. O epicentro do terremoto foi cerca de 100 quilômetros da capital, Islamabad.

Por muitos anos, Portas Abertas tem mantido programas de alfabetização e desenvolvimento socioeconômico no sul da Ásia, encorajando os cristãos da região, os quais vivem em uma sociedade islâmica, para que sejam "sal e luz", apesar dos problemas que enfrentam por causa de sua fé.

Agora essas mesmas igrejas e cristãos querem apoiar os que estão sofrendo por causa da tragédia do terremoto. O suporte da Portas Abertas permite que redes de igrejas locais e ONGs cristãs providenciem de forma imediata comida, abrigo e remédios - uma visível demonstração do amor de Cristo por aqueles que se encontram em necessidade.

"Muitas das nossas igrejas já estão enviando roupas e outros itens para ajudar onde é possível", afirmou um líder de igreja paquistanês, que pediu para não ser identificado. "Mas, com a ajuda da Portas Abertas podemos fazer muito mais".

Com a ajuda de parceiros do mundo todo, a Portas Abertas espera fornecer aproximadamente 700 mil reais para auxiliar as vítimas da tragédia. Equipes locais mantidas pela Portas Abertas já estão no local levantando as necessidades e providenciando socorro.

Os cristãos no Paquistão, que por décadas enfrentam discriminação e, às vezes, severa perseguição num país de cultura islâmica, esperam que seu envolvimento dê aos vizinhos muçulmanos uma percepção mais precisa do cristianismo. Mas o principal para eles é simplesmente ajudar. Veja a seguir como doar.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE