Evangélicos querem direitos iguais aos dos católicos

| 16/09/2005 - 00:00


O bispo Bernardo Cartes, da Igreja Metodista Pentecostal do Chile, pediu ao presidente Ricardo Lagos um sinal de igualdade em relação à Igreja Católica. Ele dirigiu o apelo durante a tradicional cerimônia do Te Deum, celebrada na Catedral Evangélica chilena em comemoração à festa nacional do país.

Assim como apóia a canonização do sacerdote jesuíta Alberto Hurtado, da mesma forma o governo deveria facilitar a construção de templos evangélicos no país, disse Cartes.

Cerca de 15 mil féis assistiram o Te Deum na Catedral Evangélica. A celebração atraiu o interesse da imprensa por causa da presença dos candidatos à presidência da República: Michelle Bachelet, da Concertación, Joaquín Lavín, da União Democrática Independente, e Sebastián Piñera, da Renovação Nacional. O Chile terá eleições gerais no dia 11 de dezembro.

Cartes disse que a disposição do governo para que sejam erguidos monumentos ao padre Hurtado em todo o país deveria estar associado a outra medida, que permitisse aos evangélicos receber terrenos públicos abandonados para a construção de templos e lugares de oração.

Não levantaremos nossa voz para criticar a construção das estátuas; respeitamos os nossos irmãos que têm essa fé, disse Cartes.

O bispo metodista recordou a tragédia de Antuco, quando 45 soldados chilenos morreram de frio, a metade deles evangélicos, e solicitou mais espaços de oração para os evangélicos que prestam o serviço militar.

O presidente Lagos não respondeu diretamente aos pedidos do bispo evangélico, mas comentou: O que vimos aqui é o desejo de que em nosso país impere a liberdade e a igualdade de cultos.

Ao término do ato religioso, Lagos foi interrogado a respeito da outorga de benefícios a militares processados por violações aos direitos humanos. Ele respondeu citando a última mensagem do ex-presidente Salvador Allende, pronunciada no dia 11 de setembro de 1973, quando La Moneda foi atacada por ordem do general Augusto Pinochet: Chegarão outros homens para superar este momento cinza e escuro. Creio, disse Lagos, que está chegando o momento de superar esse momento cinza e escuro.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE