Polícia eritréia prende 18 estudantes cristãos

| 18/07/2005 - 00:00


As forças de segurança da Eritréia detiveram 18 cristãos evangélicos, estudantes universitários, no dia 8 de julho. A operação revelou sinais de detenção pré-planejada, já que os oficiais abordaram cada estudantes no Hahale Collage, perto de Asmara, enquanto eles deixavam as salas de provas, depois dos exames finais, conforme informou o "Release Eritrea!".

Apenas dois dias antes desse incidente, Semere Zayid, um professor universitário desapareceu depois de uma visita para prestar relatório em uma delegacia de polícia, conforme o estabelecido nas condições de sua liberdade, já que ele foi detido no começo desse ano. Suspeita-se que ele esteja em "wenjel mirmera", também conhecido como Karshelie - uma unidade de investigação criminal.

O governo eritreu, com o partido da Frente Popular pela Democracia e Justiça (PFDJ), aprovou apenas 3 denominações cristãs - ortodoxa, católica romana e evangélica luterana. Isso resultou no fechamento de 36 igrejas e a detenção de seus líderes e seguidores.

Atualmente, há aproximadamente 900 cristãos eritreus mantidos em prisões, sem julgamento ou qualquer curso legal.

A perseguição aos cristãos não pertencentes às denominações aprovadas pelo estado tem sido mais violenta nos últimos anos, já que estudantes também têm sido presos também. Há apenas algumas semanas, 80 alunos do ensino médio foram detidos enquanto celebravam o fim das aulas juntos.

O diretor do "Release Eritrea!", que é uma sociedade mundial de eritreus e amigos da Eritréia contra a perseguição religiosa, Dr. Berhane Asmelash disse: As prisões obviamente me alarmam tanto pelo fato de mais pessoas estarem sendo presas, como também me preocupo com o fato de jovens serem visados de uma maneira tão sistemática, e detidos até quando estão indo para atividades pacificas".

Texto enviado por Daila Fanny.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE