Vaticano desagrada a igreja evangélica

| 06/07/2005 - 00:00


(Düsseldorf) A Igreja Evangélica da Alemanha - Evangelische Kirche Deutschlands (EKD) - mostra-se apreensiva por não ter sido ainda convidada ao evento mundial da juventude, uma celebração católica a acontecer em agosto em Colônia na Alemanha, com comparecimento previsto de 800 mil pessoas entre os quais o Papa Bento XVI.

O porta voz da EKD em Rheiland, senhor Nikolaus Schneider declarou ao jornal Westdeutschen Zeitung que "a inexistência de qualquer convite criaria novo quadro".

Outro ponto preocupante é que também não foi ainda organizado um encontro ente o Papa e o embaixador do conselho diretor da EKD. "Se nem mesmo um encontro for realizado, a situação seria lamentável", disse Schneider.

O Papa tem sua presença prometida para todo evento da juventude - 16 a 21 de agosto - com destaque para a missa de encerramento que pretende celebrar no dia 21. A diocese de Colônia está encarregada de organizar o mega-encontro a que devem comparecer 800.000 crentes vindos de 170 países.

Os organizadores prepararão quase 1 milhão de pernoites. Muitos dos participantes deverão acampar nas instalações de entidades como ginásios, escolas, casernas entre outros. 600 bispos e cardeais deverão dirigir-se a Colônia.

Esperam-se também 400 jornalistas.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE