Evangélicos criam associação para marcar presença política

| 01/07/2005 - 00:00


Líderes evangélicos da associação civil Por um México Melhor justificaram a criação da mesma por causa da manipulação de governantes que pretendem fundamentar os seus atos.

O presidente e porta-voz da associação, Adoniram Gaxiola, disse ao diário El Universal que o organismo quer superar a automarginalização de algumas igrejas com relação ao quadro nacional e a falta de unidade entre os integrantes das diferentes confissões.

A recém-constituída associação criticou os aspirantes ao governo do Estado do México pelo visível esbanjamento econômico das campanhas eleitorais em termos de propaganda, o que qualificou como uma ofensa diante da situação de pobreza em que se encontram milhares de mexicanos.

Por um México Melhor reiterou que vai elaborar um Projeto de Nação Cristã, a ser entregue aos candidatos que vão disputar a presidência da República nas eleições de 2006.

O conteúdo do projeto foi discutido em reunião realizada nos dias 24 e 25 de junho, na cidade de Cuernavaca, Estado de Morelos, e anunciado na semana passada por um grupo de igrejas evangélicas num comunicado da Aliança de Pastores de Puebla.

Gaxiola disse que vão entregar o projeto aos partidos políticos, para que o incorporem em suas plataformas eleitorais. O projeto conterá a posição da comunidade cristã evangélica sobre assuntos políticos, econômicos, educacionais, destacando aqueles que dizem respeito aos valores. A comunidade evangélica tem peso e deve ser escutada pelas autoridades, disse.

Integram a associação líderes das igrejas Nacional Presbiteriana, Metodista, Mexicana do Evangelho de Cristo, Assembléia de Deus, Centros de Fé, Esperança e Amor, Centro Cristão Calacoaya, e a Cruzada Estudantil.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE