Militares filipinos acham bombas que seriam detonadas na Páscoa

| 23/03/2005 - 00:00


O Exército das Filipinas disse na quarta-feira ter prendido um suposto militante muçulmano e ter encontrado bombas que seriam detonadas em Manila durante a celebração da Páscoa.

As forças de segurança estão em alerta enquanto dezenas de milhões de filipinos rezam, realizam compras e viajam durante um dos principais feriados desse país de maioria católica.

Os militares afirmaram ter impedido um grande plano do grupo rebelde Abu Sayyaf de atacar a capital ao prender o suspeito, um homem convertido ao Islã e identificado como Tyron Santos. A prisão aconteceu na terça-feira, no bairro de Quezon, em Manila.

Santos levou os soldados a dez sacos de explosivos e a 18 bombas improvisadas e guardadas em uma casa abandonada. Um computador, uma câmera de vídeo e várias fitas também foram apreendidos.

Leia mais no UOL


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE