Seqüestrado cristão que trabalha como tradutor para os USA no Iraque

| 28/02/2005 - 00:00


O grupo radical iraquiano exército - Ansar Al-Sunna , anunciou via internet o seqüestro de um iraquiano cristão que trabalha como tradutor em uma base militar americana no Iraque.

Em comunicado divulgado pela cadeia de tv via satélite Al - Arabiya, o grupo disse que seqüestrou Abdul Mesieh Gerges Noaman nas imediações de uma das maiores bases americanas em Bagdá.

Gerges Noaman trabalha para a companhia "Titan Corporation com base em San Diego e que proporciona traduções ao exército americano, diz o texto. A autenticação do documento ainda não foi verificada por outros meios.

O exército Ansar Al- Sunna é um dos grupos mais sanguinários atuantes no Iraque, responsabilizados por vários outros seqüestros, alguns dos quais terminaram com a morte dos reféns.

Além disso, assumiram a maioria de alguns atentados cruéis e sangrentos nos últimos dois anos, como por exemplo, o que matou 22 pessoas numa base militar americana em Mosul, e que tirou a vida de 109 curdos, em fevereiro de 2004.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE