Cristãos e hindus disputam vítimas do tsunami

| 11/01/2005 - 00:00


Mohammed Shaheen, que sobreviveu ao tsunami responsável por devastar a cadeia de ilhas de Andaman e Nicobar (Índia), observava um campo de refugiados do lado de fora enquanto um grupo cristão e outro hindu discutiam sobre quem dirigiria o local.

Como vocês conseguem ficar lutando pelas vítimas?, perguntou Shaheen, que acabava de chegar depois de um navio da Marinha indiana tê-lo recolhido na ilha Katchal. Metade dos 8.800 moradores da ilha continuam desaparecidos.

Um grupo liderado por agências cristãs de ajuda diz que o governo na capital da cadeia de ilhas, Port Blair, o havia encarregado de dirigir o campo. O outro grupo, ligado a uma organização hindu da linha-dura, afirma que o comando do local deve ficar com ele.

Leia mais no UOL


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE