Ministro da Defesa israelense exige castigar extremistas judeus

| 05/01/2005 - 00:00


O ministro da Defesa de Israel, Shaul Mofaz, pediu a distintas instâncias do Poder Judicial, entre elas o assessor jurídico do governo, Mikhael Mazuz, que castigue os extremistas judeus que levantam sua mão contra os soldados.

Oficiais superiores das Forças Armadas exigem também a detenção administrativa de dezenas deles para evitar que se rebelem contra os soldados que terão que evacuar 25 dessas colônias da Faixa de Gaza e Cisjordânia, e cerca de 8.000 colonos, a partir de julho.

A exigência de Mofaz se deve aos recentes confrontos entre dezenas de jovens colonos judeus e soldados e policiais enviados para evacuar assentamentos não-autorizados pelo governo na Cisjordânia.

Leia mais no UOL


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE