Pastor luterano é espancado pela polícia

| 23/12/2004 - 00:00


A marcha que protestava pacificamente contra a assinatura de tratado de livre comércio com os Estados Unidos foi reprimida violentamente pela polícia de choque salvadorenha, na sexta-feira, 17, por ordens do diretor da polícia, Ricardo Meneses. Um dos líderes da marcha, o pastor luterano Ricardo Cornejo, foi espancado de forma brutal.

Por causa da gravidade dos ferimentos, o pastor Cornejo teve de ser levado aos aos Estados Unidos para tratamento médico.Igrejas norte-americanas se uniram para custear os gastos necessários, informa o diário Co Latino.

Agradeço esse gesto de solidariedade do povo norte-americano; somos povos irmãos e uma mesma família no corpo e no sangue de nosso Senhor Jesus Cristo. Sou apenas um simples servo de Deus que cumpre seu papel de denunciar o pecado que existe na minha terra, disse Cornejo.

O dirigente das Comunidades de Fé e Vida (COFEVI), pastor batista Alex Orantes, condenou a agressão contra o pastor Cornejo já que é uma clara violação do nosso direito como cidadãos de manifestar-nos pacificamente. É um desrespeito à igreja e aos pastores que acompanham as lutas do povo.

Orantes destacou que em repetidas ocasiões a Polícia Nacional Civil arremete violentamente contra demonstrações pacíficas dos setores populares, evidenciando altos níveis de impunidade, autoritarismo e prepotência. E tudo isso com o sorriso de aprovação do presidente Saca, denunciou.

O pastor luterano Roberto Pineda, que também foi espancado pela polícia de choque na manifestação do dia 17, solicitou a destituição imediata do sr. Ricardo Menesses, por sua clara vocação antidemocrática, por violar os direitos humanos, e nos privar das nossas liberdades civis.

Menesses, disse o pastor, é uma ameaça para a estabilidade democrática do nosso país. É evidente sua inclinação para reprimir violentamente qualquer expressão de descontentamento popular. É por isso que o puseram ali. Vamos recorrer aos procedimentos oferecidos pela constituição para defender os nossos direitos, vamos processá-lo judicialmente, adiantou.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE