Governo não quer que ONU investigue a morte de 85 muçulmanos

| 19/11/2004 - 00:00


O governo tailandês rejeitou o pedido das Nações Unidas para investigar a morte de 85 muçulmanos depois do protesto dissolvido pelas forças de segurança em outubro no sul do país, informaram hoje, sexta-feira, fontes oficiais. A negativa à solicitação de Philip Aston, relator da ONU para execuções extrajudiciais, foi justificada sobre a base de que uma comissão nacional já investiga as circunstâncias nas quais aconteceram as mortes.

Leia mais no UOL


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE