Assassinado um sacerdote católico empenhado com doentes de AIDS

| 17/10/2004 - 00:00


Era um grande sacerdote, estimado pelo seu empenho ao lado dos pobres e dos doentes de AIDS, afirmam à Agência Fides fontes da Diocese de De Aar, na África do Sul, recordando pe. Gerard Fitzsimons, inglês assassinado sábado, 2 de outubro, na localidade de Colesberg. Somente hoje se tomou conhecimento da morte de Pe. Fitzsimons. O sacerdote foi encontrado morto na sua casa adjacente à Igreja de Santa Maria e São José.

Os fiéis que o aguardavam para a celebração eucarística, alarmados com o atraso do sacerdote, chamaram a polícia, que invadindo a habitação encontrou o corpo do sacerdote estendido no chão. Padre Gerard Fitzsimons, 63 anos, atuava na África do Sul há 7 anos e se ocupava em especial dos doentes de AIDS. A diocese de De Aar, à qual pertence a cidade de Colesberg, é muito vasta e pouco povoada, e a presença dos católicos não é muito forte, afirma à Agência Fides pe. Efrem Tresoldi, porta-voz da Conferência Episcopal.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE