Corpo de uma cristã foi desenterrado por hindus

| 27/07/2004 - 00:00


O coordenador da obra da missão OM (Operação de Mobilização), em Chandigarh, Madhu Chandra, recorreu ao Conselho Cristão da Índia para avaliar o caso de um corpo de uma cristã que foi retirado do cemitério em Manipur, Índia.

Numa manhã da semana passada, o Reverendo N Debenedra Singh, chamou Chandra dizendo que o cadáver de uma mulher foi retirado de um túmulo por hindus. Trata-se do corpo da mãe do pastor Amuba, da vila de Patsoi em Manipur, morta no dia 13 de julho de 2004.

Existem somente 25 cristãos nesta vila. Os habitantes compraram um cemitério com a documentação própria para ser usado como cemitério da igreja. Quando o corpo estava pronto para ser enterrado, muitos não cristãos ficaram contra, dizendo que não era permitido cemitério cristão naquele local.

"O proprietário original também alterou sua versão dos eventos, dizendo que a terra foi vendida para a igreja para construir um parque, e não um cemitério", disse Chandra.

Depois do culto fúnebre, os habitantes da vila removeram o cadáver em direção à casa do pastor, como um alerta para as famílias cristãs. O reverendo Singh e outros líderes cristãos enterraram outra vez o corpo depois de dois dias, em outro cemitério.

"O reverendo registrou o caso com a polícia para trazer os responsáveis por esse ato inconstitucional. A polícia não tomou nenhuma atitude. Portanto eu recorro ao Conselho Cristão da Índia e às organizações de direitos humanos em relação a esta situação", disse Chandra.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE