Ex-muçulmano é morto por pregar o Evangelho

| 07/07/2004 - 00:00


A agência Reuters está relatando que o exército Taliban no Afeganistão assassinou um ex-muçulmano depois de ter descoberto que este estava propagando o cristianismo e advertiu aos obreiros estrangeiros de que enfrentariam situações similares caso continuassem com a propagação do cristianismo.

O porta-voz do Taliban Abdul Latif Hakimi entrou em contato com a Reuters por telefone no dia dois de julho para dizer que eles mataram Maulawi Assadullah em uma região remota de Awdand na província de Ghanzi no dia anterior.

"Um grupo do Taliban arrastou Maulawi Assadullah e cortou sua garganta simplesmente por ele estar pregando o cristianismo".

Hakimi ainda disse que algumas agências estrangeiras humanitárias também estavam envolvidas na missão cristã no Afeganistão, onde os novos adeptos são uma pequena minoria.

"Nós os alertamos de que eles enfrentariam o mesmo destino de Assadullah caso continuasse a seduzir o povo", ameaçou.

Leia mais no site da Portas Abertas - Reino Unido


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE