Menina cristã é presa por líderes indígenas

Objetivo é forçá-la a se casar com um homem não cristão e deixar o cristianismo

| 27/01/2018 - 00:00

Jovens cristãos são os mais vulneráveis (Foto representativa por razões de segurança)

Jovens cristãos são os mais vulneráveis (Foto representativa por razões de segurança)


Nas montanhas do norte da Colômbia, líderes indígenas perseguem e torturam aqueles que se convertem ao cristianismo. Zoraida Moringa, 17 anos, é uma das meninas que fazem parte do abrigo da Portas Abertas para crianças indígenas, La Casita. Recentemente ela foi detida pelos líderes de sua tribo.

Ela está sob o domínio das autoridades indígenas, que querem forçá-la a se casar com um homem não cristão e assim renunciar sua fé. Privar meninas e mulheres de sua liberdade é um meio muito comum, usado pelas comunidades indígenas, para afastá-las do cristianismo.

Ore pela vida de Zoraida, para que o Senhor a guarde e também para que seu coração esteja firme e confiante em Deus nesse momento difícil. Clame para que ela seja liberta. Peça também por outras meninas na mesma situação. Interceda pelos cristãos perseguidos indígenas na Colômbia, que enfrentam constante oposição e pressão. A Colômbia faz parte da Lista Mundial da Perseguição 2018, ocupando a 49ª posição e precisa das nossas orações.

Leia também:
Ore pela igreja na cidade de Maicao, na Colômbia
Três líderes de abrigo indígena para cristãos são presos
Pressão contra cristãos continua após fim da guerra


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE