Mais duas cristãs ex-muçulmanas são presas no Irã

Uma delas tem um filho deficiente e a outra já foi informada de que receberá pena de 10 anos de prisão

| 18/02/2019 - 00:00

Até mesmo mulheres cristãs têm sido vítimas da perseguição e enfrentado a prisão (foto representativa)

Até mesmo mulheres cristãs têm sido vítimas da perseguição e enfrentado a prisão (foto representativa)


Desde o dia 30 de janeiro, duas cristãs ex-muçulmanas, Simin Soheili e Yaser, estão detidas na prisão de Evin, em Teerã, a capital do Irã. Elas foram convocadas separadamente à prisão, interrogadas e presas em seguida.

Simin foi informada de que está sendo acusada de perturbar a ordem pública, propagar o cristianismo e se conectar com entidades estrangeiras. A sentença para isso seria dez anos de prisão. Yaser, que não tem ligações com Simin, tem um filho adolescente com uma séria deficiência física.

Clame por paz e encorajamento do Senhor para a família das duas nesse tempo tão difícil. Ore também para que Deus fortaleça suas duas servas, para que permaneçam firmes e tenham sabedoria para lidar com a perseguição. E interceda pelas autoridades responsáveis pelas prisões, para que sejam confrontadas com a verdade do evangelho e venham a se arrepender.

Leia mais
Três cristãos ex-muçulmanos são presos no Irã
Cinco mulheres cristãs são presas no Irã
Dois cristãos são presos na mesma semana no Irã


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE