Mais de vinte jovens são sequestradas pelo Boko Haram

| 26/04/2017 - 00:00


14-nigeria-vitima-do-sequestro

De acordo com um recente relatório, o grupo extremista Boko Haram sequestrou mais 22 meninas, de duas aldeias diferentes no Norte da Nigéria, a maioria com idade inferior a 17 anos. O primeiro ataque ocorreu de madrugada, na aldeia de Pulka, onde 18 garotas foram levadas de seus lares. Na vila de Dumba, próximo ao lago Chade, um pastor se negou a pagar uma quantia em troca de segurança, então foi morto pelos extremistas que levaram quatro mulheres de sua família.

Supõe-se que as meninas serão forçadas a se casar com os militantes. “Esse tipo de incidente só reforça que o Boko Haram está cada vez mais ativo no Norte da Nigéria, apesar das reivindicações do governo nigeriano e de algumas vitórias sobre os extremistas”, comenta um dos colaboradores da Portas Abertas.

Segundo ele, civis cristãos têm enfrentado um grande risco. Há muita violência, sequestros, mortes e perseguição. Famílias cristãs estão cada vez mais desprotegidas e vulneráveis. Mas os nossos irmãos nigerianos garantem que a presença deles no país é necessária. “Ainda há muçulmanos querendo se converter ao cristianismo e, se a igreja partir, quem vai pregar o evangelho para eles?”, questionou uma cristã nigeriana perseguida. Ore pela igreja na Nigéria.

Leia também
Como vivem os cristãos na Nigéria
“Tragam nossas meninas de volta”


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE