Líderes cristãos são forçados a fechar igrejas

| 08/06/2017 - 00:00


08-sri-lanka-homem-sorrindo

O Sri Lanka ocupa o 45º lugar na atual Lista Mundial da Perseguição. Grupos budistas radicais têm uma forte presença no país e os monges continuam a interromper as atividades da igreja, na batalha para tornar o budismo a religião predominante na nação. Os cristãos não são reconhecidos por seus direitos legais e estão financeiramente despreparados para enfrentar acusações jurídicas.

Nos últimos dias, muitos líderes cristãos foram ameaçados e forçados a fechar as igrejas que administram por conta de uma circular de 2008, em que diz que igrejas não registradas não devem permanecer abertas. No mês passado, um deles, Pradeed e sua família enfrentaram um protesto violento contra o funcionamento da igreja que fica no sul do país.

No início do ano, 12 agressores budistas destruíram uma igreja, a oeste do Sri Lanka. Eles estavam armados com bastões de madeira, barras de ferro e facas. Na ocasião, eles obrigaram os cristãos a parar o culto e, como eles se recusaram, então quebraram toda a igreja. Os fieis tiveram que se reunir sob uma árvore para continuar a adoração a Deus.

Pedidos de oração

  • Interceda pelos nossos irmãos cingaleses e peça a Deus que realize milagres entre eles.
  • Ore por todos os líderes que estão enfrentando ameaças violentas para fechar as igrejas, que eles permaneçam firmes em seus propósitos, apesar das dificuldades.
  • Atualmente, um dos líderes fez uma parceria com outro líder de Camboja, a fim de construir um refúgio seguro para meninas que foram forçadas à vida de prostituição. Ore por esse projeto.

Leia também
Líderes cristãos são perseguidos e ameaçados
Autoridades tentam impedir reuniões de cristãos


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE