Igrejas são destruídas e líderes cristãos interrogados

Um grupo armado em Mianmar afirma que missionários, professores de escola e quem trabalhe ou apoie a igreja será afetado

| 24/09/2018 - 00:00

De acordo com o grupo armado, todas as igrejas sem autorização do governo serão destruídas

De acordo com o grupo armado, todas as igrejas sem autorização do governo serão destruídas


Um grupo étnico armado no estado de Shan, em Mianmar, está destruindo igrejas e mantendo um líder cristão para questionamentos, de acordo com a Radio Free Asia (RFA). O United Wa State Army (UWSA), a ala militar do partido United Wa State (UWSP), relatou por meio de uma declaração no início do mês em sua rede social, que todas as igrejas construídas após 1989 – ano da queda do Partido Comunista – devem ser destruídas e que nenhuma nova igreja será permitida, com a exceção de uma construída com a permissão de governo.

Todas as igrejas existentes, missionários, professores de escola e líderes cristãos serão investigados. Serão banidas também pessoas que trabalham para igrejas estrangeiras e aqueles que apoiam atividades missionárias. Wa se autodeclara um estado autônomo em Shan, na fronteira com a China e Tailândia, porém não é reconhecido pelo governo de Mianmar. Ele é o maior exército não-estadual armado do país.

“Se um indivíduo ou uma organização construir uma igreja na área, eles vão investigar para saber se está sendo construído para o uso de uma comunidade cristã ou se será usado para converter pessoas ao cristianismo”, explicou Soe Naing, de um grupo de líderes cristãos, à rádio. De acordo com Nyi Ran, da comunicação oficial do UWSA no escritório do exército na cidade de Lashio: “Os líderes militares Wa acreditam que há religiosos extremistas em território Wa, incluindo missionários que não têm permissão oficial e líderes cristãos que estão agindo fora da lei”.

Pedidos de oração

  • Ore pela igreja de Mianmar, que eles tenham a sabedoria do Senhor para lidar com essa situação.
  • Interceda pelos líderes cristãos locais que têm sido levados para interrogatórios, que eles possam ser guardados por Deus.
  • Peça pelo governo de Mianmar, que tomem atitudes com relação ao grupo armado.

Leia também
O impacto da alfabetização em etnia de Mianmar
Conflitos com cristãos tribais em Mianmar são ignorados
Missionárias são agredidas em vila budista de Mianmar


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE