James, um professor sudanês que ensina a Palavra de Deus para crianças

| 11/04/2004 - 00:00


Entre os estudantes da aula de treinamento de professores da escola dominical de Portas Abertas, James* era o mais baixinho e apenas um jovem quieto, amigável e com um grande sorriso. Os palestrantes, entretanto, ficaram tocados por sua ansiedade em absorver cada detalhe de informação, sem colocar-se em evidência. Os estudantes concluíram o programa de treinamento da escola dominical e James voltou para casa.

Caleb*, colaborador de Portas Abertas, recebeu relatórios positivos a respeito da habilidade de James em trabalhar com crianças e conseguiu fazer uma visita a ele alguns meses depois.

James e seus alunos da escola dominical chamaram a atenção de Caleb no primeiro dia de visita: Aos poucos as crianças foram chegando ao pátio da igreja e reuniram-se num pequeno edifício.

Não foi usado força nem esquemas para atraí-las ali. Era óbvio que elas iam porque queriam estar ali. O cântico alegre delas me levou para mais perto e andei em direção a elas. James pediu às crianças que recitassem um versículo bíblico para mim, o que elas fizeram a plenos pulmões. Eu estava impressionado, mas não tanto com a capacidade de memorização delas, mas pela autenticidade de seu sorriso depois do recital.

Depois disso, James perguntou à classe o que eles tinham aprendido a respeito do Velho Testamento. Caleb ficou surpreso, já que essa tribo não tem o Velho Testamento em sua própria língua: Os tipos de histórias Davi e Golias com as quais temos tanta familiaridade, são desconhecidas dos crentes desta área. Entretanto as crianças gesticularam confiantemente à maneira delas através do Velho Testamento.

James usou um instrumento de memorização que foi desenvolvido pelo Dr. Bruce Wilkinson, o qual James conseguiu com um sul-africano. O coração de Caleb se emocionou em ver o esforço e dedicação de James com o ministério jovem nesta parte difícil do sul do Sudão rural: Como é maravilhoso Deus usar crentes de diferentes partes do mundo para abençoar este grupo em particular de crianças do sul do Sudão!.

Durante a visita de Caleb à área, ele observou que as crianças se reuniram todos os dias, durante pelo menos duas horas de cada vez. James educava pacientemente esta crianças a respeito de vários conceitos relacionados à igreja, desde o catecismo até o louvor e a adoração. Era evidente que o sentimento era mútuo entre o professor de escola dominical e seus alunos; ele havia ganho o coração do pequeno rebanho e as crianças haviam ganho o de James.

Um líder da igreja local disse a Caleb que James e as crianças da escola dominical saem pelo vilarejo com o propósito único de recrutar mais crianças para o grupo: Eles visitam vários lares e, com cânticos de danças convidam as crianças a se juntarem a eles.

Como resultado, uma garotinha começou a freqüentar as reuniões da escola dominical. Sua mãe não aprovou e a proibiu de freqüentar as reuniões. Entretanto, a garota tinha tal desejo de unir-se às crianças da escola dominical que foi às reuniões em segredo. Algumas semanas depois, a igreja teve uma oportunidade pública onde as crianças da escola dominical se apresentariam. Foi durante essa apresentação que a mãe da garota se deu conta do que havia acontecido. No começo ela ficou zangada mas, quando ela viu o quanto sua filha sabia a respeito da Bíblia, sua raiva transformou-se em orgulho. Conseqüentemente, a grota pôde ir às reuniões da escola dominical sem mais manter segredo.

Caleb relatou: Antes da minha visita à área de James, muitas crianças dali sofriam de ataques de malária e pelo menos duas morreram. A filha do pastor Tony*, Tabitha*, estava também seriamente afetada e sua condição cada vez pior realmente preocupava os. Tabitha recebeu tratamento médico, mas continuava indiferente na cama à medida que sua condição piorava. Um domingo James e as crianças de sua escola dominical reuniram-se novamente na igreja. Entretanto, sabendo que uma de suas amigas estava doente e não podia estar presente, eles decidiram ir à cabana dos pais de Tabitha. Eles cantaram a Deus e depois oraram por cura. Naquela mesma tarde o estado de Tabitha começou a melhorar de forma dramática. Ela juntou-se aos seus amigos na igreja na reunião no final da tarde e dali em diante, nunca perdeu uma única reunião até que eu fui embora. Deus honrou os esforços e orações destes jovens guerreiros da fé!.

James é um jovem com um grande coração para o ministério jovem, servindo numa parte rural isolada do sul do Sudão. Se Caleb não tivesse conseguido visitar esta área em particular, o trabalho de James poderia ter ficado sem ser notado. Contudo, um dia na celestial reunião dos santos poderemos ser enlevados por um coro de adultos dirigidos por um homem baixinho com um grande sorriso. Só então veremos o reconhecimento que Deus tem por aqueles que são fiéis nas pequenas coisas e que se tornam como crianças perante Ele.

* Nomes fictícios por questão de segurança.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE